sábado, 1 de junho de 2013

12 DE JUNHO - O DIA DOS NAMORADOS É UMA DATA ESPECIAL/ .A DATA NO BRASIL / SANTO ANTÔNIO / CURIOSIDADES SOBRE A COMEMORAÇÃO AO REDOR DO MUNDO / COMO ESCOLHER O PRESENTE / DICAS LEGAIS PARA PRESENTE DOS NAMORADOS / PRESENTES PERSONALIZADOS / CARTÃO PERSONALIZADO , ARTESANAL E CRIATIVO



O  DIA  DOS NAMORADOS

As pessoas apaixonadas costumam presentear seus namorados ou cônjuges, a fim de mostrar todo o amor que sentem.
Nessa data, os casais saem para trocar presentes e comemorar, com um jantar romântico, a paixão que sentem um pelo outro, a afetividade e o amor, como forma de agradecer o companheirismo e a dedicação entre ambos.
Mas existem várias formas de comemorar o dia dos namorados. Mandar flores, cestas de café da manhã, uma cesta de happy hour para degustarem juntos, mensagens por telefone, e-mails , carro de mensagem ( vai arriscar!?) ,  dentre outras...

O importante é usar a criatividade e o romantismo!
A DATA NO BRASIL
NO BRASIL, A DATA É COMEMORADA NO DIA 12 DE JUNHO, VÉSPERA DO DIA DE SANTO ANTÓNIO, TAMBÉM CONHECIDO PELA FAMA DE "CASAMENTEIRO", é um santo português.
A data provavelmente surgiu no comércio paulista, quando o comerciante João Dória trouxe a ideia do exterior e a apresentou aos comerciantes.
 A ideia se expandiu pelo Brasil, sendo comemorada no dia 12 de junho, véspera do dia de santo Antônio - amparada pela correlação com o Dia de São Valentim — que nos países do hemisfério norte ocorre em 14 de fevereiro e é utilizada para incentivar a troca de presentes entre os apaixonados.
SANTO ANTÔNIO  
Em Lisboa , onde o culto a Santo Antônio propagou-se a partir do século 13, a devoção popular era tanta que as festividades incluíam a trezena de Santo Antônio que era rezada nas igrejas desde o início do mês de junho e, na véspera da festa, era costume pedir ao santo uma ajudinha para achar namorado ou marido, havia marchas populares, desfiles alegóricos, bandas oficiais e começavam na noite do dia anterior para só terminar com muitas explosões de fogos de artifícios e bandos de rapazes oferecendo buquês e vasinhos de flores para as garotas, além de música, cantorias e muitos beijos roubados na noite do dia seguinte.
Santo Antônio também é conhecido como protetor dos noivos, e é tradição em Lisboa celebrar um casamento coletivo no dia 13 de junho, na própria Igreja onde Santo Antônio nasceu.

 EXPLICA-SE: Santo Antônio, que já era padroeiro dos pescadores e viajantes, dos cavalos e dos burros, e invocado em casos de naufrágios, também era chamado para recuperar todo tipo de coisas perdidas.
Por isso, para as moças casadoiras, achar namorado ou marido fazia naturalmente parte dos afazeres do santo.
Tornou-se hábito nos povoados retirar das estatuetas o Menino Jesus que o santo traz tradicionalmente no colo e só devolvê-lo quando o casamento estivesse arranjado. Ou então colocar o pobre santo de cabeça
O DIA DOS NAMORADOS, QUE TAMBÉM PODERIA SER CHAMADO DIA DOS ENAMORADOS, DOS APAIXONADOS, DOS AMANTES, DOS AMORES OU, TALVEZ MELHOR DO QUE TODAS ESSAS ALTERNATIVAS, DIA DO AMOR, É UMA DATA COMEMORATIVA, CELEBRADA EM VÁRIOS PAÍSES POR UMA MULTIDÃO DE CASAIS DE NAMORADOS APAIXONADOS.
As tradições nesse dia, independente do país onde é comemorado, incluem troca de presentes, bombons e cartões com mensagens de afeto entre quem se ama.
CONHEÇA ALGUMAS CURIOSIDADES SOBRE A COMEMORAÇÃO MAIS ROMÂNTICA DO ANO AO REDOR DO MUNDO:
- TANTO NA INGLATERRA QUANTO NA FRANÇA, acreditava-se desde tempos pagãos que era no dia 14 de fevereiro, ou seja, um pouco depois da metade do inverno, que os pássaros começavam a se preparar para o acasalamento. Uma promessa de primavera enchia o ar ainda gelado e, por causa disso, a data acabou sendo considerada muito propícia para que os casais trocassem cartas, juras e mimos de amor. Foi o então rei da Inglaterra, Henrique VII, que, em 1537, instituiu 14 de fevereiro como o Dia dos Namorados.
- E NOS ESTADOS UNIDOS , O VALENTINE´S DAY VIROU UMA TRADIÇÃO NACIONAL, CELEBRADA NÃO APENAS PELOS CASAIS, MAS CADA VEZ MAIS ABERTA A TODAS AS PESSOAS QUE SE AMAM -- PAIS E FILHOS TAMBÉM ENVIAM CARTÕES E TROCAM LEMBRANÇAS AFETUOSAS. Uma das principais tradições entre os americanos no Dia dos Namorados é exatamente enviar cartões e isso inclui criar seus próprios cartões, os “valentines”, sempre com muitos corações e mensagens sentimentais.
 As canções e os flocos de neve 
- NA INGLATERRA , ONDE O VALENTINE´S DAY NASCEU, ATÉ HOJE AS CRIANÇAS CANTAM CANÇÕES TÍPICAS E RECEBEM DOCES E BALAS DE FRUTAS DE SEUS PAIS.
O escritor e gastrônomo, Paul Pierce, num livro publicado antes de 1920 e dedicado às mulheres da aristocracia americana, ensina a preparar um jantar de Valentine’s Day à moda dinamarquesa e recomenda não deixar de incluir, aqui e ali, delicados buquês de flores brancas, as flores perfeitas para celebrar a data porque são “as primeiras mensageiras da primavera e, desde tempos antigos, consagradas a São Valentim”.
NA DINAMARCA , o costume de presentear com buquês de ‘snow flakes’ existe até hoje.

- NO JAPÃO, SÓ NAMORADO GANHA PRESENTE, NAMORADA NÃO!
NO JAPÃO , AS NAMORADAS FICAM NA MÃO NO DIA DOS NAMORADOS. Lá, onde a data também é comemorada em 14 de fevereiro, o costume dita que as moças distribuam chocolates – e apenas chocolates -- para o amado e também para todos os amigos homens.
A regra foi uma adaptação japonesa ao Valentine’s Day, que os japoneses importaram da cultura ocidental apenas por simpatia à causa dos namorados. O principal motivo da comemoração no Japão hoje é a troca de gentilezas e o bacana é que todos participam, até os sem-namorados.
MAS, SE A FESTA DAS GAROTAS É  NO DIA 14 DE MARÇO, um mês depois da doce comilança masculina, é a vez dos homens retribuírem o agrado. No White Day , eles é que presenteiam as moças, mas agora só vale chocolate branco.
- NA ARÁBIA SAUDITA, O DIA DOS NAMORADOS É UMA AMEAÇA 
Com a propagação dos costumes ocidentais na Arábia Saudita, o Dia dos Namorados passou a ser visto com temor pelas autoridades religiosas locais que editaram há quatro anos um decreto oficial, condenando qualquer outra comemoração no calendário muçulmano que não sejam as datas sagradas do Islã . Para garantir que ninguém se empolgue com o Valentine´s Day da Europa e dos EUA, que na Arábia Saudita e também no Irã é conhecido como o “Dia dos Amantes”, a polícia religiosa vigia lojas de presentes e de flores. Em 2008, na Arábia, chegaram a prender mulheres que saiam às ruas no dia 14 de fevereiro com roupas vermelhas, sob a alegação de que vermelho é a cor tradicionalmente associada ao amor no mundo ocidental.


Nenhum comentário:

Postar um comentário